MP trabalhista no cardápio de Bolsonaro

Publicada em 07/04/2021 às 15:14
Foto: DiaEsportivo/Folhapress

O presidente Jair Bolsonaro quer agradar os empresários que encontrará hoje anunciando que publicará nos próximos dias a medida provisória que autoriza a redução de jornada e salário dos empregados. Para cumprir a promessa, terá de antes resolver o impasse da lei orçamentária de 2021.

Os empresários estão impacientes porque a MP poderá evitar demissões onde há restrições para o funcionamento de atividades comerciais. O presidente vai aproveitar a oportunidade para criticar os decretos dos governadores.

Bolsonaro também quer mostrar que está empenhado em conseguir doses da vacina russa Sputnik que ainda não foi aprovada pela Organização Mundial da Saúde e pela Anvisa. No ano passado, o governo federal perdeu a oportunidade de fechar as compras de vários imunizantes, o que atrasou o ritmo de vacinação.

O desgaste político é enorme com os recordes de mortes que vão se sucedendo. Ontem, foram 4.211 óbitos e os especialistas esperam que a situação vá piorar.

O grupo que participa do jantar de hoje com Bolsonaro é o mesmo que recebeu, no mês passado, os presidentes da Câmara, Arthur Lira, e do Senado, Rodrigo Pacheco. Naquele encontro, os empresários criticaram a condução do governo no combate à pandemia, mas foram contrários a um processo de impeachment neste momento.