Contra Bolsonaro, Senadores vão a Haia entregar relatório de CPI da Pandemia

Publicada em 05/11/2021 às 17:41
Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

Está programado para janeiro do ano que vem a ida dos senadores Renan Calheiros, Omar Aziz e Randolfe Rodrigo para Haia, na Holanda, entregar o relatório final da CPI da Pandemia ao Tribunal Penal Internacional, onde se denuncia o presidente Jair Bolsonaro por crime contra a humanidade.

Um dos objetivos é pressionar o procurador-geral da República, Augusto Aras, a fazer andar as denúncias apresentadas e já entregues à PGR.

Apesar da promessa de Aras de analisar a documentação de maneira técnica, os senadores desconfiam de que é apenas para pedir o arquivamento lá na frente.

A CPI da Pandemia pediu o indiciamento de Jair Bolsonaro por nove crimes: crime de epidemia com resultado de morte, de infração a medidas sanitárias preventivas, de emprego irregular de verba pública, por incitação ao crime, crime de falsificação de documentos particulares, de charlatanismo, de prevaricação, crime contra a humanidade e crime de responsabilidade.

O Brasil sofre durante a pandemia por culpa da desorganização do governo federal e da falta de vontade de Jair Bolsonaro em gastar nas áreas necessárias para controlar o coronavírus. Estados e municípios, no entanto, também têm responsabilidade nessa tragédia sanitária que já matou quase 622 mil brasileiros.

Leia Mais

Recusa da Anvisa em liberar venda de autotestes se deu por mais um erro material da equipe ministerial.


Leia Mais

Quando morreu, há cinco anos, Teori trabalhava na homologação das delações dos executivos da Odebrecht. Estava animado e um tanto ansioso com o impacto que o acordo colossal teria no Brasil e nos países em que a gigante operava.

Leia Mais

A possibilidade de Alexandre Silveira assumir a liderança do governo no Senado é avaliada desde a saída de Fernando Bezerra do cargo, em meados de dezembro.

Leia Mais

O governo tenta de todo o jeito resolver um embaraço na disputa bolsonarista ao governo do Rio Grande do Sul nas eleições deste ano.

Leia Mais

Agência diz que Ministério da Saúde não enviou dados sobre uma política nacional de testagem.


Leia Mais

Pesquisa da Royal Society, do Reino Unido, diz que redes sociais deveriam

Leia Mais

Jair Bolsonaro pode ter acabado com o Bolsa Família, substituindo-o pelo Auxílio Brasil. Mas a identificação do benefício social com os anos petistas preocupa o presidente e sua equipe.

Leia Mais

No encontro com Gleisi Hoffmann, presidente do PT, nesta quinta-feira, 20, Carlos Siqueira, presidente do PSB, vai colocar na mesa de negociação com a petista o Maranhão e Alagoas, além dos cinco estados já pedidos.

Leia Mais

Com pouco mais de uma semana da apresentação do requerimento de nova CPI da Pandemia, está difícil juntar as 27 assinaturas necessárias para a sua instalação.

Leia Mais

Num processo heterodoxo, Sergio Moro foi parar no TCU porque o ministro Bruno Dantas, crítico do ex-ministro, quer investigar a relação entre o ex-juiz, a Odebrecht e a Alvarez & Marsal.

Leia Mais

No afã de agradar o chefe e a turma antivacina, Marcelo Queiroga resolveu espancar a matemática, torturar a lógica e assassinar fatos científicos.

Leia Mais

A área técnica do TCU emitiu parecer contrário à vontade do ministro Bruno Dantas em apurar a relação entre Odebrecht, Sergio Moro e a consultoria Alvarez & Marsal. Alegou falta de "indícios consistentes".

Leia Mais

Dois anos depois, especialistas afirmam que ainda é difícil antecipar a progressão do vírus por causa da falta de bancos de dados consistentes e confiáveis no Ministério da Saúde.

Leia Mais

Remédio é aposta para o tratamento de casos leves da covid-19 e pode evitar hospitalizações em todo o Brasil.

Leia Mais