Ala política concordou com ausência de Bolsonaro em depoimento

Nonato Viegas
Publicada em 28/01/2022 às 15:04
Bolsonaro já vinha pensando em desrespeitar decisão do Supremo Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

A ala política do Palácio do Planalto e os estrategistas da campanha de reeleição de Jair Bolsonaro apoiaram a ausência do presidente no depoimento determinado pelo ministro Alexandre de Moraes para esta sexta-feira, 28, à Polícia Federal.

Embora, como informou o Bastidor, membros políticos do governo e com interlocução no Supremo Tribunal Federal tenham corrido para sentir o clima da corte e dos demais ministros, eles, com Ciro Nogueira (Casa Civil) à frente, concordaram com Bolsonaro sobre o desrespeito à decisão de Moraes.

São duas as avaliações gerais: a primeira é que seus apoiadores mais fieis concordam com os ataques ao Supremo –e a Alexandre Moraes em específico; a segunda é que o presidente acerta ao peitar o STF, que, com frequência, na avaliação deles, extrapola contra a política.

Nas conversas, um auxiliar citou para Bolsonaro, a respeito do suposto abuso de ministros do Supremo, o afastamento de Renan Calheiros da presidência do Senado, em 2016, determinado monocraticamente pelo ministro Marco Aurélio Mello.

À época, Calheiros ignorou, com o apoio de seus pares, o despacho de Marco Aurélio.

Em agosto do ano passado, o Bastidor informou que o presidente havia afirmado a André Mendonça, então AGU, que iria desrespeitar qualquer decisão da corte da qual discordasse.

Na ocasião, Bolsonaro já demonstrava insatisfação contra o que considerava abuso contra ele e sua família. Ele havia sido incluído nos inquérito das fake news.

Uma fonte palaciana afirmou que o presidente só está cumprindo o que já vinha amadurecendo todo esse tempo.

Advogado ligado a Luiz Marinho ganha força na véspera da votação de duas listas tríplices pelo TRF-3

Leia Mais

Coloca na planilha

17/06/2024 às 19:00

Supremo julga ação sobre previdência, a terceira com impacto no orçamento da União neste mês

Leia Mais

Projeto de renegociação da dívida dos estados é um desastre para o governo federal

Leia Mais

Mudança de posição de ministro do STJ dá chance para Itaú reverter sentença milionária desfavorável.

Leia Mais

Auditorias do TCU mostram que governo não sabe como gasta dinheiro do Minha Casa, Minha Vida.

Leia Mais

Queiroz Galvão, OAS e Brasília Guaíba são condenadas pelo TCU por superfaturarem obras da BR-448.

Leia Mais

Ministro Humberto Martins, do STJ, revê decisão e libera três leilões com bens da Viação Itapemirim.

Leia Mais

Atrasar com calma

14/06/2024 às 17:16

PF some depois de ganhar mais prazo para encerrar inquérito sobre suposta rachadinha de Janones.


Leia Mais

Bolsonaro insiste em ex-policial da Rota militar como vice de Ricardo Nunes em São Paulo

Leia Mais

Sanção ainda traz recomendação de intervenção administrativa e cassação da concessão

Leia Mais

O efeito Toffoli

14/06/2024 às 10:24

STJ livra dois acusados da Lava Jato porque decisão do ministro do STF anulou provas.

Leia Mais

AGU e CGU de Lula firmam acordo de leniência com empresa que admitiu pagar propina a chefes do MDB.

Leia Mais

Marcelo Odebrecht pede que se ignore pedidos da PGR e da Petrobras para suspender anulação de provas

Leia Mais

À espera da PF

13/06/2024 às 17:49

Decisões sobre caso de corrupção e visita do CNJ criam clima de medo no TJ da Bahia

Leia Mais

Líder do partido fica responsável por cuidar de projeto para substituir trapalhada de Haddad

Leia Mais