Justiça frustra manobra de operador de Arruda para assumir cofre da Fecomércio

Publicada em 26/08/2021 às 12:49
Sérgio Lúcio Andrade, o ex-operador de Arruda Foto: Fecomércio

O juiz do Trabalho Denilson Bandeira Coelho concedeu ontem liminar para suspender uma decisão que afastava o presidente eleito da Fecomércio do DF, José Aparecido.

A decisão frustra manobra articulada por um ex-operador de Arruda, o sindicalista patronal Sérgio Lúcio Andrade. Para conseguir na Justiça tomar o comando do cofre de R$ 500 milhões da entidade, Andrade ludibriou um colega a assinar procuração contra as eleições.