Indicado para ANM tem apoio de lobistas

Publicada em 02/04/2021 às 06:00
Foto: O Tempo/Folhapress

Apesar de ter recebido apoio dos senadores Fernando Bezerra e Carlos Viana para uma diretoria da Agência Nacional de Mineração, o servidor Guilherme Santana teve como principais articuladores de sua candidatura o lobista e ex-deputado Leonardo Quintão e o empresário mineiro Lucas Kallas.

Quintão é figura controversa no setor mineral. Durante seu mandato, relatou um projeto para atualizar o Código de Mineração, mas servidores da Câmara descobriram que ele reproduziu um texto repassado pelo escritório Pinheiro Neto Advogados.

Guilherme Santana terá uma difícil sabatina para chegar à ANM. Integrantes do movimento Muda Senado já têm um dossiê do servidor que alerta para a falta de cumprimento às normas da Lei das Agências.

Se Santana for rejeitado no Senado, será um duro golpe contra Fernando Bezerra, líder do governo que também se defende em investigação do STF. Ele é o político com mais apadrinhados na área de energia na Esplanada dos Ministérios.