Os recados de Lira a Lula

Publicada em 08/10/2021 às 09:48
Foto: Futura Press/Folhapress

O presidente da Câmara, o deputado Arthur Lira, aproveitou a presença do Lula em Brasília para fazer chegar ao petista alguns recados, embora eles não tenham se encontrado.

Lira, alvo-preferencial das pressões pró-impeachment de Jair Bolsonaro, pediu a Lula que controle o PT nos ataques contra ele. O presidente da Câmara sabe que não é do interesse do petista um impedimento de Bolsonaro.

Para Lira, incitar a militância é um erro, porque sua relação com a bancada petista é relativamente boa. Tanto que ele levou a deputada Marília Arraes para a segunda secretaria da Mesa Diretora da Câmara.

Em muitas ocasiões o Bastidor informou sobre como, apesar do discurso pró-impeachment, o ex-presidente Lula rejeita a ideia de afastamento de Jair Bolsonaro por considerar que o processo de impedimento do presidente tumultuaria o processo eleitoral.

Lula tem dito em Brasília que é preciso deixar o presidente, qualquer que seja, cumprir seu mandato. Para o petista, é pedagógico para o povo compreender a responsabilidade de seu voto.

Outro recado de Lira foi que, reeleito para a presidência da Câmara, seja Bolsonaro ou seja Lula o presidente de turno, será um aliado do eleito.