O orçamento continua secreto

Redação
Publicada em 19/04/2024 às 16:07
Dino coloca STF de volta à fogueira do orçamento secreto Foto: Antonio Augusto/SCO/STF

O ministro Flávio Dino, do Supremo Tribunal Federal, deu 15 dias para que o presidente Lula, e os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco, e da Câmara, Arhtur Lira, expliquem uma reclamação de que o orçamento secreto persiste. Na ação, as ONGs Contas Abertas, Transparência Brasil e Transparência Internacional apontam que a prática proibida pelo Supremo em 2021 persiste.

A reclamação foi entregue ao STF em setembro de 2023, quando a cadeira de Flávio Dino ainda era ocupada pela ministra Rosa Weber. Ela foi a relatora original das quatro ações de descumprimento de preceito fundamental (ADPF) que culminaram na extinção das emendas de relator, que ficaram conhecidas como orçamento secreto.

As entidades afirmam que o Congresso Nacional aprovou, em 2022 e durante 2023, medidas que burlaram o fim do orçamento secreto, criando novas modalidades de gastos ainda mais difíceis de serem acompanhadas pela sociedade. Entre elas estão as chamadas emendas RP2 e as emendas "PIX".

As ONGs dizem que deputados e senadores têm usado essas modalidades para enviar dinheiro a estados e municípios sem qualquer critério técnico ou convênio que justificassem.

Nos dois casos também falta transparência tanto para o nome de quem indicou, quanto na finalidade, pois o gasto só é conhecido no momento em que o pagamento está prestes a ser feito.

A ordem de Dino pode reativar um dos maiores atritos entre Congresso e Supremo. Para o Executivo, o orçamento secreto é uma forma de barganha com deputados e senadores, que foi expandida durante ao governo Bolsonaro.

Leia a íntegra da decisão de Flávio Dino:

André Mendonça, do STF, sugere que renegociação dos acordos de leniência envolva ajuda ao estado

Leia Mais

Aumentaram em 2024 as reclamações de deputados com o que chamam de “truculência” do parlamentar

Leia Mais

Castigada por chuvas impiedosas, a capital gaúcha também sofre com autoridades incompetentes.

Leia Mais

Supremo define tese que limita o uso da Justiça para constranger e atacar a imprensa

Leia Mais

Sangria estancada

22/05/2024 às 16:45

Depois de pedido da PGR, Fachin arquiva caso da Lava Jato contra Renan Calheiros e Romero Jucá

Leia Mais

Petrobras liberará acesso do Cade a informações sigilosas para ficar com cinco plantas

Leia Mais

Pressão de marido e aliados em favor de advogada incomoda desembargadores do TRF3

Leia Mais

Em conflito com governo do Pará, mineradora tenta retomar atividades em mina de níquel

Leia Mais

Ministro anula todos os atos da Lava Jato contra o empresário que virou

símbolo de corrupção.

Leia Mais

Moro sobrevive

21/05/2024 às 20:51

TSE decide manter o mandato do ex-juiz que comandou a operação Lava Jato.

Leia Mais

Idade ajudou José Dirceu a escapar de condenação. Demora na denúncia ajudou petista

Leia Mais

Primeira Turma do STF confirma denúncia contra Carla Zambelli e hacker e ri da conduta de ambos

Leia Mais

Aliados poupados

21/05/2024 às 12:30

Governistas consideram que, na articulação política, a missão da CPI da Braskem foi cumprida

Leia Mais

Empresários catarinenses que bancaram bloqueios em rodovias são denunciados pela PGR.

Leia Mais

Deputado busca votos de bolsonaristas para eleição na Câmara, mas não tem o aval de Bolsonaro

Leia Mais