Chesf é o novo foco de disputa entre Valdemar Costa Neto e Arthur Lira

Publicada em 12/10/2021 às 12:00
Foto: Sérgio Lima/Folhapress

O novo foco de disputa entre o presidente da Câmara, Arthur Lira, e o presidente do PL, Valdemar Costa Neto, é a presidência da Companhia Hidrelétrica do São Francisco, que terá, na próxima década, 15 bilhões de reais para investir.

Ter o controle de uma empresa com tanto dinheiro para gastar é fundamental para uma legenda conseguir eleger deputados e prefeitos - na mais benigna das hipóteses, a empresa aprova projetos que favorecem cidades e parlamentares em suas bases eleitorais.

O presidente Jair Bolsonaro prometeu a Lira a indicação para o comando da companhia, mas Valdemar Costa Neto passou a disputar a empresa por considerar que o PL tem sido preterido em relação ao PP.

Recentemente, o chefão do PL listou os cargos do PP. É o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), o Brasilcap, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a Secretaria Nacional de Mobilidade e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Lira já disse que vai para a briga.

A relação entre o chefão do PL e Lira degringolou quando o presidente da Câmara investiu pesado para tirar Flávia Arruda, do PL, Secretaria de Governo. Agora, Costa Neto passou a trabalhar para ter um nome capaz de derrotar Lira na disputa pela presidência da Câmara em 2023.