Bolsonaro quer Tite fora da seleção

Diego Escosteguy
Publicada em 06/06/2021 às 06:00
Foto: Eduardo Knapp/Folhapress

Jair Bolsonaro disse a aliados e a amigos que Tite não deveria estar à frente da seleção brasileira e que o técnico precisa "cair fora logo". O presidente também xingou o treinador.

A irritação de Bolsonaro deve-se à crise provocada pela recusa dos jogadores e de Tite em participar da Copa América no Brasil.

Desde que o presidente comprou politicamente a Copa América, o torneio tornou-se uma questão ideológica e sanitária.

Diante do agravamento da crise na seleção, alguns dos principais aliados de Bolsonaro temem que o presidente ataque publicamente o treinador e os jogadores.

Caso isso ocorra, avaliam essas pessoas próximas, Bolsonaro contratará um problema sem solução e provavelmente afastará jogadores que simpatizam com ele - jogadores que, em tese, poderão lhe ser úteis como ativos eleitorais em 2022.