Uma agência em guerra

Alisson Matos
Publicada em 06/06/2024 às 16:45
Guerra interna coloca em lados opostos indicados nos governos Bolsonaro e Lula Foto: Reprodução/redes sociais

A disputa interna entre diretores da Agência Nacional de Mineração (ANM), que resultou em apreensão de carga suspeita de manganês, suspensão de pagamento da CFEM (Compensação Financeira pela Exploração Mineral) e intervenção do Congresso, vai piorar nos próximos dias.

Quem acompanha de perto os rumos da agência relata que o diretor-geral do órgão, Mauro Henrique Moreira de Souza, está fragilizado politicamente. Não encontra respaldo no ministério de Minas e Energia e corre o risco de não completar o seu mandato que vai até 2026. Há pressões para que ele renuncie.

A guerra interna na ANM coloca em lados opostos Mauro Henrique e outros diretores, como Caio Mário Trivellato Seabra Filho e Guilherme Santana. Um dos capítulos da disputa ocorreu em abril, como mostrou à época com exclusividade o Bastidor, pela discussão sobre uma carga de manganês interceptada no Porto de Vila do Conde, em Barcarena, no Pará. O caso foi encaminhado para a CGU (Controladoria-Geral da União) e para a Polícia Federal.

Outro episódio, antecipado pelo Bastidor também em abril, levou Mauro Henrique e Caio Seabra à comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados. Ambos tiveram que explicar as discordâncias sobre o pagamento da CFEM a cidades consideradas afetadas pela atividade produtiva de mineração e aquelas que são vizinhas aos produtores.

Mauro Henrique foi indicado para o cargo no governo Bolsonaro e não encontra apoio no governo Lula. Ainda tem diálogo no Congresso, mas menos do que em outros momentos. Seu sigilo bancário foi quebrado na CPI da Braskem no Senado, por exemplo Seu posto é almejado pelos adversários.

Fontes com trânsito na agência alertam que é alto o risco de novos embates entre os diretores no futuro próximo.

De olho em enfrentar Lula em 2026, governador de Goiás espalha campanha que une segurança e negócios

Leia Mais

Fechem a torneira

19/07/2024 às 14:05

AGU pede ao STF suspensão do leilão da Sabesp por conflito de interesses e valor subestimado.

Leia Mais

Desempenho na segunda fase da venda das ações faz da privatização da estatal um sucesso

Leia Mais
Exclusivo

Um erro de 420 milhões

19/07/2024 às 06:00

Perda de prazo da PGFN dá à Dufry e ao advogado Sergio Bermudes precatório de quase meio bilhão.

Leia Mais

Defesa de Duque recorre ao ministro para evitar prisão por corrupção e lavagem na Petrobras.

Leia Mais

Por mim, libera

18/07/2024 às 19:50

Gonet diz que não é possível avaliar com calma a ação do PT contra a privatização da Sabesp.

Leia Mais

TSE muda de ideia e decide enviar observadores à eleição, o que evita um erro crasso do Brasil

Leia Mais

Expliquem-se

18/07/2024 às 09:07

Salomão pede que TJAL esclareça porque nomeou juízes já conhecidos na falência da Laginha.

Leia Mais

Alphabet foi condenada por concorrência desleal; Meta enfrenta ação bilionária por uso de dados.

Leia Mais

STF dá 24 horas para São Paulo justificar leilão da Sabesp; PT pediu liminar para suspender venda.

Leia Mais
Exclusivo

Gol da Alemanha

17/07/2024 às 19:09

Anac confirma que governo federal ressarcirá prejuízos da Fraport com o Aeroporto Salgado Filho.

Leia Mais

Juízes responsáveis pelo processo de falência da Usina Laginha decidiram que são aptos para o caso.

Leia Mais

Governo oculta dados de acordos da JBS e Marfrig com PGFN para renegociar dívidas com a União.

Leia Mais

Fraport fala que obras no aeroporto de Porto Alegre dependem de acordo com governo federal.


Leia Mais

Eduardo Braga quer alterar no Senado pontos da reforma tributária que foram acertados na Câmara

Leia Mais