Exclusivo

Queiroga pede demissão do Ministério da Saúde; Bolsonaro procura substituto

Diego Escosteguy
Publicada em 02/09/2021 às 16:39
Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

O médico Marcelo Queiroga comunicou ao presidente Jair Bolsonaro que não ficará mais à frente do Ministério da Saúde. O (ainda) titular da pasta permanecerá na função até que o Planalto encontre um substituto.

Bolsonaro tentou demover o ministro, sem sucesso. Queiroga disse que o ministério está profundamente dividido em meio à crise e que não consegue impor sua autoridade. Em síntese, afirmou que não tem condições de trabalhar como supôs que seria possível. Queiroga é o quarto ministro da Saúde a pedir demissão desde o começo da pandemia.

O presidente agradeceu os serviços de Queiroga e insistiu para que ele ficasse no cargo até que o Planalto escolha um novo ministro. Também insistiu para que a saída dele permanecesse em sigilo, de modo a evitar mais desgastes políticos numa área em que o governo sofre desde o começo da pandemia. Queiroga aquiesceu.

O pedido de demissão e o teor dele foram relatados ao Bastidor, reservadamente, por duas fontes com conhecimento direto dos fatos.

É improvável que haja uma reviravolta nesse caso, avaliam essas fontes. Trata-se de uma saída amigável e consensual, de acordo com elas. Não houve fritura nem o presidente ficou contrariado com qualquer ação de Queiroga - ao contrário, o médico se queimou perante os pares ao relativizar o uso de máscaras.

Não há data firme para a troca no ministério, mas Bolsonaro, além de ainda estar em busca de um substituto, quer resolver o problema após os atos do 7 de setembro.

Atualização às 18h07 de 2 de setembro de 2021: Queiroga disse há pouco à imprensa que não pediu demissão e que ficará no cargo até quando Bolsonaro desejar. Também aludiu à "indústria de boatos" e a "fake news". Repetiu o slogan "Brasil acima de tudo, Deus acima de todos". O Bastidor mantém, na íntegra e sem ressalvas, o teor da reportagem publicada acima.

Petros segue Funcef e apresenta pedido para que Toffoli revogue suspensão da leniência da J&F.

Leia Mais

Partido discute a formação de uma federação com PP, mas resiste a incluir o Republicanos

Leia Mais

A gestão Barroso começa a enfrentar, no STF e no CNJ, as primeiras oposições às suas ideias.

Leia Mais

Isolado e ameaçado de perder a presidência do partido, deputado ameaça para tentar acordo

Leia Mais

Convocação de ato da esquerda em resposta a Bolsonaro não vai ajudar o governo Lula.

Leia Mais

Vitória de Rueda na disputa pelo comando do União Brasil abre caminho para acordo com PP

Leia Mais

STF determinou o arquivamento de inquérito baseado em delação da Lava Jato, por falta de provas.

Leia Mais

Ex-presidente da Vale busca conselheiros em meio à indefinição sobre o comando da mineradora.

Leia Mais

Lula discute três possíveis destinos para o presidente da Câmara no governo; e seu inimigo chia

Leia Mais

O MP está em disputa interna para definir os escolhidos que disputarão uma vaga no tribunal.

Leia Mais

Decisão de André Mendonça gera expectativa de que conciliação reduza ou perdoe as multas impostas

Leia Mais

PL acredita que ex-primeira dama pode ser candidata em 2026, mas ao Congresso

Leia Mais

André Mendonça fixa prazo para que empresas e governo cheguem a consenso sobre acordos da Lava Jato.

Leia Mais

Quem contou?

26/02/2024 às 12:07

A Paper Excellence quer saber quem vazou decisão do Incra que afeta seus negócios no Brasil.

Leia Mais

Manifestação ajuda na política, mas não reduz as grandes chances de Bolsonaro ser condenado e preso

Leia Mais