Izalci não está na CPI, mas mira Ibaneis

Publicada em 30/04/2021 às 14:01
Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O senador Izalci Lucas, pré-candidato do PSDB ao governo do Distrito Federal, não é integrante da CPI da Pandemia, mas olha com apetite para as informações pedidas pela comissão sobre a Operação Falso Negativo.

Essa investigação apura a compra superfaturada de testes de Covid-19 pelo Distrito Federal. O secretário de saúde chegou a ser preso.

Aliados de Izalci dizem que ele vai passar um pente fino nos documentos para usá-los na campanha do ano que vem, quando tentará ganhar do atual governador que disputará a reeleição.

O Ministério Público do DF informou, em 11 de setembro de 2020, que apresentou denúncia à Justiça contra 15 pessoas investigadas na Operação Falso Negativo. Pediu condenações pelos crimes de organização criminosa, fraude à licitação, fraude na entrega de uma mercadoria por outra e desvio de dinheiro público. Também foi requerida a perda do cargo público para todos os acusados. O prejuízo estimado é superior a R$ 18 milhões.