Em reunião, Bolsonaro reclama de pedidos da PF a Moraes

Publicada em 08/09/2021 às 17:37
Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

O presidente Jair Bolsonaro reclamou com o ministro da Justiça, Anderson Torres, dos pedidos da Polícia Federal ao Supremo Tribunal Federal no inquérito das fake news.

Algumas das recentes ações contra aliados do presidente foram feitas pela Polícia Federal e autorizadas por Moraes, responsável pelo inquérito. De acordo com presentes à reunião de hoje (quarta), Bolsonaro sugeriu que ministros encontrassem uma solução para que agentes da PF possam descumprir uma determinação judicial - não ficou claro em que contexto isso se daria.

O Bastidor informou que a mesma encomenda já havia sido feita tempos atrás a André Mendonça, então advogado-geral da União.

No mesmo encontro, Ciro Nogueira sugeriu procurar o presidente do Supremo, Luiz Fux, o que ocorreu na tarde desta quarta-feira, 8 de setembro. Com ele, foi o presidente da Câmara, Arthur Lira.

O encontro ocorreu após a resposta de Fux aos discursos do presidente Jair Bolsonaro durante as manifestações de 7 de setembro. O ministro foi medir o tamanho da crise institucional e ver se existe uma forma de distensionar as relações.

Na reunião ministerial, durante a manhã, Bolsonaro negou a Ciro Nogueira a possibilidade de entendimento com o Supremo e, especialmente, com o ministro Alexandre de Moraes, mas não o proibiu de tentar.

Para o presidente, qualquer gesto de pacificação terá de vir do STF, sem dizer o que quer exatamente.