Aliados de Bolsonaro defendem Tereza Cristina para vice

Publicada em 12/10/2021 às 06:00
Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

Aliados de Jair Bolsonaro no União Brasil – fusão do PSL com o DEM – passaram a defender que a nova legenda não lance candidato próprio e indique a ministra Tereza Cristina (Agricultura) como vice nas eleições do ano que vem. Para esses aliados, a campanha de reeleição ficaria ainda mais competitiva se Bolsonaro se filiasse ao PP.

O presidente já deixou claro que não quer repetir a chapa de 2018, com seu vice-presidente, Hamilton Mourão. Bolsonaro quer um partido forte.

Sondada por alguns aliados do presidente, a ministra disse que topa. Mas ela está cética quando a seu partido realmente deliberar nesse sentido e, principalmente, de o presidente topar. Tereza Cristina acredita que Bolsonaro procura um nome mais ideológico.

O plano mais certo da ministra é disputar a vaga do Mato Grosso do Sul no Senado, concorrendo diretamente com a senadora Simone Tebet, outra mulher cujo nome o partido, o MDB, quer negociar para vice de alguma candidatura de centro.