Pandemia faz Sírio restringir atendimento em Brasília

Publicada em 29/03/2021 às 11:07
Foto: Divulgação/HSL

A unidade de Brasília do Hospital Sírio-Libanês restringiu por 15 dias a entrada de pacientes em seu pronto atendimento devido ao elevado número de casos de Covid-19. A informação foi comunicada na manhã desta segunda-feira 29 de março.  

A restrição tem previsão de durar 15 dias ou até que a ocupação alcance níveis seguros. Casos de extremo risco para os pacientes ou que tenham indicação de médicos ou outros serviços hospitalares continuarão sendo atendidos.    

No comunicado, o hospital informa que, nos últimos 12 meses, já tinha triplicado o número de leitos de UTI e adiado cirurgias eletivas e exames invasivos, mas o ritmo da demanda dos pacientes de Covid-19 vem avançando em ritmo acelerado.