Banco Central prevê Selic a 5% na reunião de agosto

Publicada em 16/06/2021 às 19:45
Foto: Raw Image/Folhapress

Os diretores do Banco Central decidiram elevar a taxa de juros Selic para 4,25% ao ano e avisaram que outro ajuste da mesma magnitude deve ocorrer na reunião de 4 de agosto.

Segundo o comunicado, “neste momento, o cenário básico do Copom indica ser apropriada a normalização da taxa de juros para patamar considerado neutro”.

Apesar de algumas apostas em um aumento de 100 pontos-base na reunião de hoje, quarta-feira 16 de junho, os integrantes do Comitê de Política Monetária decidiram, por unanimidade, cumprir o que foi sinalizado na reunião anterior.

Essas apostas por um aumento de 100 pontos-base consideraram um comentário do presidente do BC, Roberto Campos Neto, em de 8 junho. Ele disse que “muitas coisas tinham acontecido” desde a última reunião do Copom que sinalizou uma elevação de 75 pontos-base. A maior preocupação dos analistas é com a oferta de energia e o impacto negativo da crise hídrica que o Brasil enfrenta.  

Na divulgação da decisão de hoje, o Copom informou que “a lentidão da normalização nas condições de oferta, a resiliência da demanda e implicações da deterioração do cenário hídrico sobre as tarifas de energia elétrica contribuem para manter a inflação elevada no curto prazo, a despeito da recente apreciação do Real”.