Sem castigo no PL

Alisson Matos
Publicada em 04/07/2023 às 15:00
Deputados do PL e de outros partidos da oposição se reuniram para debater o texto Foto: Reprodução redes sociais

A maior parte da bancada do PL na Câmara decidiu votar contra o texto da reforma tributária do relator Aguinaldo Ribeiro (PP-PB). Além da pressão de governadores, prefeitos e empresários, os deputados do partido do ex-presidente Jair Bolsonaro dizem que tiveram pouco tempo para analisar o relatório.

A maioria, no entanto, não quer dizer todos os deputados: uma parcela de 20 a 30 parlamentares deve votar a favor do texto. Como em outras ocasiões, eles não sofrerão nenhuma punição, de acordo com um integrante do partido. “Até porque tem aqueles que são fisiológicos”, disse ao Bastidor. O PL tem 99 deputados.

Os deputados contrários ao texto repetem os argumentos de governadores e prefeitos: criticam uma suposta concentração de poder de arrecadação no governo federal, com menor autonomia para estados e municípios. Dizem ainda que a indústria será beneficiada, em prejuízo do setor de serviços e que a cesta básica vai ficar mais cara.

Estes três argumentos são contestados por quem é favorável ao projeto, pois as alíquotas dos impostos para cada setor ainda não foram definidas. Sem elas, as contas podem ser puro chute.

Em seus discursos, os parlamentares evitam citar o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), fiador do texto de Ribeiro, e atribuem a responsabilidade ao PT.

No Senado, a postura e o discurso da bancada do PL serão os mesmos. As posições foram confirmadas nesta terça-feira (4), após reuniões internas do partido com Bolsonaro, dirigentes e líderes do Congresso.

O partido entrou com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal para adiar discussão na Câmara. Para a base governista, a iniciativa não atrapalhará a tramitação.

Petros segue Funcef e apresenta pedido para que Toffoli revogue suspensão da leniência da J&F.

Leia Mais

Partido discute a formação de uma federação com PP, mas resiste a incluir o Republicanos

Leia Mais

A gestão Barroso começa a enfrentar, no STF e no CNJ, as primeiras oposições às suas ideias.

Leia Mais

Isolado e ameaçado de perder a presidência do partido, deputado ameaça para tentar acordo

Leia Mais

Convocação de ato da esquerda em resposta a Bolsonaro não vai ajudar o governo Lula.

Leia Mais

Vitória de Rueda na disputa pelo comando do União Brasil abre caminho para acordo com PP

Leia Mais

STF determinou o arquivamento de inquérito baseado em delação da Lava Jato, por falta de provas.

Leia Mais

Ex-presidente da Vale busca conselheiros em meio à indefinição sobre o comando da mineradora.

Leia Mais

Lula discute três possíveis destinos para o presidente da Câmara no governo; e seu inimigo chia

Leia Mais

O MP está em disputa interna para definir os escolhidos que disputarão uma vaga no tribunal.

Leia Mais

Decisão de André Mendonça gera expectativa de que conciliação reduza ou perdoe as multas impostas

Leia Mais

PL acredita que ex-primeira dama pode ser candidata em 2026, mas ao Congresso

Leia Mais

André Mendonça fixa prazo para que empresas e governo cheguem a consenso sobre acordos da Lava Jato.

Leia Mais

Quem contou?

26/02/2024 às 12:07

A Paper Excellence quer saber quem vazou decisão do Incra que afeta seus negócios no Brasil.

Leia Mais

Manifestação ajuda na política, mas não reduz as grandes chances de Bolsonaro ser condenado e preso

Leia Mais