Prisão de deputado: deputados temem Conselho de Ética operante

Publicada em 17/02/2021 às 18:16
Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

A solução de despachar o caso do deputado Daniel Silveira para o Conselho de Ética na Câmara, em vez de apreciar o pedido de prisão dele, apresenta um risco intolerável, da qual se deram conta parlamentares ouvidos pelo Bastidor: outros congressistas podem ser igualmente despachados ao mesmo cadafalso.

Estão na fila do Conselho de Ética outros nove deputados - como a deputada Flordelis, acusada de mandar matar o marido, e Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, que defendeu o AI-5.

Ademais, parlamentares enrolados na Lava Jato temem que representações no Conselho de Ética voltem a ter algum resultado - algo que não acontece há muito tempo, seja na Câmara, seja no Senado.

A cúpula da Câmara ainda não sabe como proceder.