Nunes cumpre tabela

Alisson Matos
Publicada em 25/02/2024 às 18:30
Nunes apareceu ao lado de Tarcísio, que o convenceu a ir ao ato em favor de Bolsonaro Foto: Reprodução redes sociais

A presença do prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, no ato em favor de Jair Bolsonaro, na Paulista, correu no formato do relacionamento envergonhado entre as duas partes. Nunes não discursou e Bolsonaro não o mencionou em seu discurso. Tudo segue como antes.

Foi o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), quem insistiu para que Nunes (MDB) fosse ao ato. Nunes foi convencido depois de ver um movimento de bolsonaristas para romper o acordo eleitoral fechado entre ele e o presidente do PL, Valdemar Costa Neto.

A ausência poderia dar início ao desembarque de Bolsonaro da campanha de Nunes. A presença tinha o objetivo de cair nas graças de Bolsonaro e O objetivo era evitar que Bolsonaro, em um rompante, volte a considerar o apoio ao deputado Ricardo Salles (PL)

Outro objetivo era ter espaço para convencer Bolsonaro e trocar o vice - ele indicou o ex-coronel da Rota Ricardo Melo Araújo, mas o grupo de Nunes e o próprio prefeito não consideram um bom nome.

A pouca proximidade de Nunes e Bolsonaro foi refletida no discurso do ex-presidente na avenida Paulista. Ele citou políticos de São Paulo (Tarcísio, astronauta Marcos Pontes), falou das eleições municipais, mas não mencionou o prefeito de São Paulo. Nunes não fez discurso, com medo de vaias.

Nunes quer os votos dos bolsonaristas sem carregar o ônus de estar ao lado do ex-presidente e do risco de ver seu apoiador ser preso. Para isso, vai vender a ideia de que é o candidato com mais chances de evitar que a esquerda comande a maior cidade do país. 

TST colocou o presidente Lula em uma intrincada escolha para o novo ministro

Leia Mais

Manifestação em defesa de Jair Bolsonaro é - e será - comício do PL para eleição municipal

Leia Mais

Defesas de empreiteiras contam com prorrogação de prazo para renegociar acordos de leniência

Leia Mais

Bola com Dino

21/04/2024 às 13:44

Desembargadores afastados da funções pelo CNJ pedem que STF corrija erros de Luís Felipe Salomão.

Leia Mais

Governo volta a colocar Alexandre Padilha no centro do controle das emendas parlamentares

Leia Mais

Defesa de Bolsonaro é apenas uma justificativa para ato de pré-campanha eleitoral

Leia Mais

CCJ do Senado aprovou projeto que reintegra o quinquênio aos salários do Judiciário.

Leia Mais

Foi a votação que analisou a prisão de Brazão que fez o clima entre o governo e Lira esquentar

Leia Mais

A divisão no CNJ

16/04/2024 às 21:30

Votos dos conselheiros no caso Lava Jato espelham a cisão entre magistrados de carreira e advogados.

Leia Mais

Foi e voltou

16/04/2024 às 21:14

TRF3 reconduz presidente do conselho de Administração da Petrobras ao cargo após afastamento

Leia Mais

Ministro da CGU pode ser convocado a explicar relação do seu escritório de advocacia com a Novonor

Leia Mais

Salomão retirou Moro do procedimento que suspendeu a atuação de quatro magistrados federais.

Leia Mais

MP no CNJ e defesa de magistrados alegam não haver razão para corregedoria processar quarteto.

Leia Mais

Pacheco segura

16/04/2024 às 15:14

Senador atende ao governo e adia sessão do Congresso que vai analisar vetos de Lula

Leia Mais

Após demitir primo do presidente da Câmara, governo recorre ao deputado para escolher substituto.

Leia Mais