Empresários temem que impeachment piore combate à pandemia

Publicada em 29/03/2021 às 14:53
Foto: Raul Spinassé/Folhapress

O comportamento mais crítico do presidente da Câmara, Arthur Lira, em relação ao governo de Jair Bolsonaro é, em parte, consequência da pressão que ele recebe de líderes empresariais irritados com a falta de coordenação no combate à pandemia.

Os empresários disseram a Lira que Bolsonaro não tem condições de liderar uma reação à crise sanitária que destrói a imagem internacional do Brasil. Por outro lado, o presidente da Câmara também ouviu desses líderes que o impeachment pode prejudicar ainda mais o combate à pandemia com uma guerra política que tem desfecho imprevisível.

Na semana passada, Lira se encontrou duas vezes com banqueiros e empresários. Pediram a ele que o Congresso assuma a coordenação de medidas efetivas de combate à pandemia porque esse é o único caminho para evitar a destruição dos seus negócios.