Eduardo Leite rejeita a possibilidade de reeleição

Publicada em 11/10/2021 às 17:00
Foto: Bruno Santos/Folhapress

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, tem dito em seu trabalho de convencimento no PSDB na disputa pelas prévias do partido que não pretende concorrer à reeleição para a presidente, caso obtenha a legenda para concorrer no ano que vem e consiga mandato.

Ele é contra a reeleição, criada por um presidente tucano, Fernando Henrique Cardoso. E sempre repete que prova de que mantém a coerência sobre o tema é que nunca concorreu à reeleição, nem a prefeito de Pelotas, onde foi bem-avaliado, nem vai disputar a reeleição para o governo do Rio Grande do Sul, caso perca nas prévias para João Doria.

Leite nem cogita publicamente, mas seus aliados o têm aconselhado, numa eventual derrota no PSDB, a disputar uma vaga no Senado. Dizem que esperar outros mais quatro anos sem mandato o tornará irrelevante politicamente. Citam o exemplo de Marina Silva, que perdeu relevância política nas duas últimas eleições. É algo que o governador nem quer avaliar ainda.