Com medo do Supremo, líderes pressionam bancadas a manter deputado preso

Diego Escosteguy
Publicada em 18/02/2021 às 10:14
Foto: Folhapress

Por medo da reação do Supremo, a cúpula da Câmara está trabalhando para que os deputados mantenham Daniel Silveira preso. Líderes passaram a pressionar as bancadas para que aceitem votar pela manutenção da prisão.

Até o começo da madrugada, havia consenso na cúpula da Câmara para tentar salvar o deputado - não por uma defesa a ele, mas em razão do precedente que seria aberto com a manutenção da prisão.

No entanto, o ministro Kassio Nunes Marques, aliado de Ciro Nogueira e Arthur Lira, disse ao grupo que o Supremo não aceitará qualquer solução política.

Ciro e os chefes políticos Valdemar Costa Neto e Marcos Pereira passaram a operar hoje para persuadir as bancadas a rifar Daniel Silveira. Arthur Lira apoia a operação, que está em andamento.

Todos enfrentam processos no Supremo e temem se queimar perante o tribunal.