PGR aceita R$ 1 bilhão para salvar delação de Joesley; decisão final cabe a Fachin

Diego Escosteguy
Publicada em 07/12/2020 às 18:40
Foto: Danilo Verpa/Folhapress

Três anos após rescindir a delação de Joesley Batista, e um ano depois de reafirmar essa posição perante o Supremo, a Procuradoria-Geral da República "repactuou" as colaborações da JBS. Como revelamos, essa negociação estava em curso silencioso na semana passada. E, como relatamos, a força da defesa dos Batista surpreendia alguns dos procuradores que acompanharam a negociação.

A PGR de Augusto Aras, que ao assumir o cargo dizia não ver razão para que o Ministério Público mudasse de ideia diante da gravidade das omissões e dos crimes dos delatores, não só aceitou conversar com a defesa como agora topou manter o acordo, mediante o pagamento de multa adicional de R$ 1 bilhão. Os irmãos Batista também terão que cumprir pequena pena em regime fechado.

Nos últimos três anos, Joesley e seus executivos moveram Brasília em busca de uma solução que salvasse seus acordos de delação. No final de 2019 e começo de 2020, esse esforço incluiu os serviços de Frederick Wassef, advogado informal da família Bolsonaro. O senador Flávio é amigo da subprocuradora Lindôra de Araújo, principal assessora de Aras e responsável pela área criminal da PGR - o que inclui a negociação de delações.

Uma colaboração é uma espécie de contrato entre o delator e o Ministério Público, que detém grande autonomia para negociá-lo e fechá-lo. Cabe ao Judiciário, porém, aferir a legalidade do acordo. No caso, o ministro Edson Fachin, que homologou as delações em 2017, será o mesmo a analisar, em 2020, se a "repactuação" obedece à lei.

André Mendonça, do STF, sugere que renegociação dos acordos de leniência envolva ajuda ao estado

Leia Mais

Aumentaram em 2024 as reclamações de deputados com o que chamam de “truculência” do parlamentar

Leia Mais

Castigada por chuvas impiedosas, a capital gaúcha também sofre com autoridades incompetentes.

Leia Mais

Supremo define tese que limita o uso da Justiça para constranger e atacar a imprensa

Leia Mais

Sangria estancada

22/05/2024 às 16:45

Depois de pedido da PGR, Fachin arquiva caso da Lava Jato contra Renan Calheiros e Romero Jucá

Leia Mais

Petrobras liberará acesso do Cade a informações sigilosas para ficar com cinco plantas

Leia Mais

Pressão de marido e aliados em favor de advogada incomoda desembargadores do TRF3

Leia Mais

Em conflito com governo do Pará, mineradora tenta retomar atividades em mina de níquel

Leia Mais

Ministro anula todos os atos da Lava Jato contra o empresário que virou

símbolo de corrupção.

Leia Mais

Moro sobrevive

21/05/2024 às 20:51

TSE decide manter o mandato do ex-juiz que comandou a operação Lava Jato.

Leia Mais

Idade ajudou José Dirceu a escapar de condenação. Demora na denúncia ajudou petista

Leia Mais

Primeira Turma do STF confirma denúncia contra Carla Zambelli e hacker e ri da conduta de ambos

Leia Mais

Aliados poupados

21/05/2024 às 12:30

Governistas consideram que, na articulação política, a missão da CPI da Braskem foi cumprida

Leia Mais

Empresários catarinenses que bancaram bloqueios em rodovias são denunciados pela PGR.

Leia Mais

Deputado busca votos de bolsonaristas para eleição na Câmara, mas não tem o aval de Bolsonaro

Leia Mais