Ministros do Supremo não querem Humberto Martins no tribunal

Diego Escosteguy
Publicada em 24/04/2021 às 18:40
Foto: Raquel Cunha/Folhapress

Favorito para ocupar a vaga a ser aberta com a aposentadoria do decano Marco Aurélio Mello em julho, o ministro Humberto Martins, presidente do Superior Tribunal de Justiça, enfrenta a resistência silenciosa de, ao menos, quatro integrantes do Supremo.

Esses ministros revelam suas reservas ao presidente do STJ somente com grande discrição. Ninguém quer se indispor com o chefe do segundo tribunal do país nem criar intrigas com um possível futuro colega. Mas essa ala do Supremo prefere um jurista de maior peso - e não um ministro qualificado como pragmático e político.

Martins é aliado histórico de Renan Calheiros, mas se aproximou de Flávio Bolsonaro e dos próceres da família do presidente nos últimos meses. Impressionou tanto a família Bolsonaro quanto o advogado Frederick Wassef, principal conselheiro jurídico do presidente.