Mais um semestre

Samuel Nunes
Publicada em 10/06/2024 às 20:43
Moraes decidiu prorrogar inquérito sem consultar previamente a PGR Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, decidiu estender por mais 180 dias o prazo para a Polícia Federal concluir as investigações do inquérito que apura a suposta atuação de milícias digitais para a disseminação de desinformação política nas redes sociais. A decisão foi tomada a pedido da Polícia Federal.

Como o Bastidor mostrou, a PF não apresentou nenhuma justificativa fática para sustentar o pedido de prorrogação. A solicitação foi assinada por uma escrivã do Departamento de Inteligência da corporação, a pedido do delegado Fábio Alvarez Shor, responsável pela investigação.

A íntegra do despacho de Moraes não foi divulgada. Até a publicação desta reportagem o único trecho disponível falava sobre a decisão e a fundamentação do ministro para aceitar o pedido. A Procuradoria-Geral da República (PGR) foi intimada a tomar ciência, mas não chegou a ser consultada previamente para se manifestar sobre a necessidade ou não de se continuar a investigação.

"Considerando a necessidade de prosseguimento das investigações, com a realização das diligências ainda pendentes, nos termos previstos no art. 230-C, § 1º, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal, prorrogo por mais 180 (cento e oitenta) dias a presente investigação. Ciência à Procuradoria-Geral da República. Comunique-se à autoridade policial", diz o trecho divulgado.

O inquérito das milícias digitais é um dos que são usados para criticar a atuação de Moraes. Aberto desde 2021, ele ainda não rendeu nenhuma ação prática contra os investigados. Em vez disso, tem sido usado para receber cada vez mais pessoas no escopo da apuração, que tinha como objetivo principal encontrar não só a fonte, mas os financiadores do processo de disseminação de informações falsas nas redes sociais.

A última pessoa a ser incluída no inquérito foi o bilionário Elon Musk. O dono do X (ex-Twitter) se tornou alvo depois das críticas públicas feitas a Moraes na internet, articuladas com políticos de extrema-direita no Brasil.

Advogado ligado a Luiz Marinho ganha força na véspera da votação de duas listas tríplices pelo TRF-3

Leia Mais

Coloca na planilha

17/06/2024 às 19:00

Supremo julga ação sobre previdência, a terceira com impacto no orçamento da União neste mês

Leia Mais

Projeto de renegociação da dívida dos estados é um desastre para o governo federal

Leia Mais

Mudança de posição de ministro do STJ dá chance para Itaú reverter sentença milionária desfavorável.

Leia Mais

Auditorias do TCU mostram que governo não sabe como gasta dinheiro do Minha Casa, Minha Vida.

Leia Mais

Queiroz Galvão, OAS e Brasília Guaíba são condenadas pelo TCU por superfaturarem obras da BR-448.

Leia Mais

Ministro Humberto Martins, do STJ, revê decisão e libera três leilões com bens da Viação Itapemirim.

Leia Mais

Atrasar com calma

14/06/2024 às 17:16

PF some depois de ganhar mais prazo para encerrar inquérito sobre suposta rachadinha de Janones.


Leia Mais

Bolsonaro insiste em ex-policial da Rota militar como vice de Ricardo Nunes em São Paulo

Leia Mais

Sanção ainda traz recomendação de intervenção administrativa e cassação da concessão

Leia Mais

O efeito Toffoli

14/06/2024 às 10:24

STJ livra dois acusados da Lava Jato porque decisão do ministro do STF anulou provas.

Leia Mais

AGU e CGU de Lula firmam acordo de leniência com empresa que admitiu pagar propina a chefes do MDB.

Leia Mais

Marcelo Odebrecht pede que se ignore pedidos da PGR e da Petrobras para suspender anulação de provas

Leia Mais

À espera da PF

13/06/2024 às 17:49

Decisões sobre caso de corrupção e visita do CNJ criam clima de medo no TJ da Bahia

Leia Mais

Líder do partido fica responsável por cuidar de projeto para substituir trapalhada de Haddad

Leia Mais