Aécio escapa de outra

Samuel Nunes
Publicada em 28/02/2024 às 14:46
Caso contra Aécio era baseado na delação de Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal arquivou mais um inquérito contra o deputado Aécio Neves. Ele era investigado pela suspeita de ter recebido propina num dos esquemas desvendados pela operação Lava Jato.

Para o relator, ministro Gilmar Mendes, não havia provas suficientes para manter a investigação. Os ministros André Mendonça, Dias Toffoli e Nunes Marques concordaram. Apenas o ministro Edson Fachin foi contra.

A investigação contra Aécio era baseada, segundo Gilmar, na delação premiada do ex-presidente da OAS Léo Pinheiro. De acordo com o relato do empreiteiro, a OAS pagava propina a Aécio para aumentar sua participação nas obras do programa Luz para Todos, do governo federal. Aécio foi governador de Minas entre 2003 e 2010.

Apesar da decisão favorável a Aécio, os ministros não esclareceram o que pretendem fazer com a delação de Léo Pinheiro. É um ponto fundamental. Em tese, o acordo pode ser revisado, incluindo a suspensão dos benefícios, como a não persecução penal.

No início deste mês, Pinheiro aproveitou as decisões do ministro Dias Toffoli de suspender acordos de leniência da J&F e da Odebrecht (hoje Novonor) para pedir que sua delação fosse anulada. A defesa dele alegou o mesmo que as empresas. Argumentou que foi coagido a assinar o acordo. Seu pedido ainda não foi analisado.

Bola com Dino

21/04/2024 às 13:44

Desembargadores afastados da funções pelo CNJ pedem que STF corrija erros de Luís Felipe Salomão.

Leia Mais

Ligação suspeita

20/04/2024 às 06:00

Advogada que atuou para Luiz Estevão ajudou a julgar servidores que o contrariaram na cadeia

Leia Mais

Flávio Dino desengaveta reclamação que leva STF de volta à discussão das emendas de relator.

Leia Mais

Avanço da PEC do Quinquênio é compromisso de Pacheco e Alcolumbre com integrantes do Judiciário

Leia Mais

Pressa para gastar

18/04/2024 às 19:00

Plenário do Senado começará a decidir sobre a PEC do Quinquênio a partir da próxima semana

Leia Mais

Governo volta a colocar Alexandre Padilha no centro do controle das emendas parlamentares

Leia Mais

Defesa de Bolsonaro é apenas uma justificativa para ato de pré-campanha eleitoral

Leia Mais

CCJ do Senado aprovou projeto que reintegra o quinquênio aos salários do Judiciário.

Leia Mais

Foi a votação que analisou a prisão de Brazão que fez o clima entre o governo e Lira esquentar

Leia Mais

A divisão no CNJ

16/04/2024 às 21:30

Votos dos conselheiros no caso Lava Jato espelham a cisão entre magistrados de carreira e advogados.

Leia Mais

Foi e voltou

16/04/2024 às 21:14

TRF3 reconduz presidente do conselho de Administração da Petrobras ao cargo após afastamento

Leia Mais

Ministro da CGU pode ser convocado a explicar relação do seu escritório de advocacia com a Novonor

Leia Mais

Salomão retirou Moro do procedimento que suspendeu a atuação de quatro magistrados federais.

Leia Mais

MP no CNJ e defesa de magistrados alegam não haver razão para corregedoria processar quarteto.

Leia Mais

Pacheco segura

16/04/2024 às 15:14

Senador atende ao governo e adia sessão do Congresso que vai analisar vetos de Lula

Leia Mais