STF manda prender Roberto Jefferson

Publicada em 13/08/2021 às 08:46
Foto: Reprodução

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes determinou a prisão preventiva do ex-deputado Roberto Jefferson, presidente do PTB, e ordenou busca e apreensão no âmbito do inquérito que investiga organização criminosa digital que ataca a democracia.

A investigação faz parte de investigação aberta por ordem de Moraes para apurar uma organização criminosa digital, depois do arquivamento do inquérito dos atos antidemocráticos. Em um vídeo recente, Jefferson ameaçou a realização das eleições ano que vem caso não seja aprovado o voto impresso, que foi derrotado na Câmara.

O ex-deputado, que já foi preso anteriormente por sua condenação no escândalo de corrupção do mensalão, é aliado do presidente Jair Bolsonaro e tem veiculado com frequência vídeos com ataques aos ministros do Supremo.

Condenado e preso por corrupção, Jefferson replica a agressividade do bolsonarismo ao adotar discurso armamentista, religioso e anticomunista. Esse extremismo arrastou o PTB, fundado por Getúlio Vargas em 1945, ao receber grupos declaradamente neofascistas do movimento integralista.