Capa Dura em Alagoas

Redação
Publicada em 04/04/2024 às 13:59
O deputado Rafael Brito comandava a Secretaria de Educação quando os contratos foram firmados. Foto: Site/Rafael Brito

Uma empresa investigada pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul pela suspeita de fraudar licitações milionárias de livros no estado também firmou contratos milionários em Alagoas no governo de Renan Filho, do MDB. A empresa, chamada Inca Tecnologia e Serviços, está no centro da operação Capa Dura, deflagrada em janeiro. Um dos representantes da empresa chegou a ser preso. Houve buscas em outros quatro estados onde a Inca operava contratos públicos - Rio de Janeiro, Santa Catarina, Maranhão e Paraná.

A Polícia Civil gaúcha descobriu que a Inca coordenava fraudes em licitações em Porto Alegre, com a aparente participação de funcionários da Prefeitura. As investigações estão apenas no começo.

A expertise da Inca parece ser conquistar contratos públicos sem licitação. Em 2020, obteve um contrato de 900 milhões de reais com o Ministério da Saúde para fornecer aventais hospitalares na pandemia. O contrato não chegou a ser pago pelo governo federal. A Controladoria-Geral da União detectou que a proposta da Inca fora manipulada, multou a empresa e, no ano passado, a proibiu de fechar contratos públicos. O Tribunal de Contas da União também investiga a Inca.

Em Alagoas, a Inca obteve dois contratos, sem licitação, com a Secretaria de Educação, entre 2021 e 2002, quando a pasta era chefiada pelo hoje deputado federal Rafael Brito, do MDB. No total, eram 52 milhões de reais para distribuir livros e outros materiais de "apoio pedagógico" para "minorar os danos causados pela pandemia".

A Inca não conseguiu entregar os livros, mas faturou 16 milhões de reais com os "materiais de apoio pedagógico". Naquele momento, o contrato suspeito dos aventais com o Ministério da Saúde já era amplamente conhecido. Isso não impediu a empresa de fechar todo tipo de contratos em Alagoas e outros estados.

Agora, a Inca virou assunto de polícia. Os investigadores esperam avançar e descobrir todos os beneficiários dos contratos suspeitos.

De olho em enfrentar Lula em 2026, governador de Goiás espalha campanha que une segurança e negócios

Leia Mais

Fechem a torneira

19/07/2024 às 14:05

AGU pede ao STF suspensão do leilão da Sabesp por conflito de interesses e valor subestimado.

Leia Mais

Desempenho na segunda fase da venda das ações faz da privatização da estatal um sucesso

Leia Mais
Exclusivo

Um erro de 420 milhões

19/07/2024 às 06:00

Perda de prazo da PGFN dá à Dufry e ao advogado Sergio Bermudes precatório de quase meio bilhão.

Leia Mais

Defesa de Duque recorre ao ministro para evitar prisão por corrupção e lavagem na Petrobras.

Leia Mais

Por mim, libera

18/07/2024 às 19:50

Gonet diz que não é possível avaliar com calma a ação do PT contra a privatização da Sabesp.

Leia Mais

TSE muda de ideia e decide enviar observadores à eleição, o que evita um erro crasso do Brasil

Leia Mais

Expliquem-se

18/07/2024 às 09:07

Salomão pede que TJAL esclareça porque nomeou juízes já conhecidos na falência da Laginha.

Leia Mais

Alphabet foi condenada por concorrência desleal; Meta enfrenta ação bilionária por uso de dados.

Leia Mais

STF dá 24 horas para São Paulo justificar leilão da Sabesp; PT pediu liminar para suspender venda.

Leia Mais
Exclusivo

Gol da Alemanha

17/07/2024 às 19:09

Anac confirma que governo federal ressarcirá prejuízos da Fraport com o Aeroporto Salgado Filho.

Leia Mais

Juízes responsáveis pelo processo de falência da Usina Laginha decidiram que são aptos para o caso.

Leia Mais

Governo oculta dados de acordos da JBS e Marfrig com PGFN para renegociar dívidas com a União.

Leia Mais

Fraport fala que obras no aeroporto de Porto Alegre dependem de acordo com governo federal.


Leia Mais

Eduardo Braga quer alterar no Senado pontos da reforma tributária que foram acertados na Câmara

Leia Mais