Ex-presidente do Cade é indicado para Superintendência-Geral

Arnaldo Galvão
Publicada em 06/07/2021 às 09:58
Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

O presidente Jair Bolsonaro indicou o ex-presidente do Cade Alexandre Barreto de Souza para o cargo de superintendente-geral na instituição que tem a missão de analisar fusões, aquisições e condutas de abuso do poder econômico.

O Diário Oficial da União também trouxe na edição publicada hoje, terça-feira 6 de julho, indicação de Bolsonaro para conselheiro do Cade. Gustavo Augusto Freitas de Lima será submetido a sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado para integrar o tribunal administrativo. Ele vai substituir o conselheiro Maurício Oscar Bandeira Maia.

Lima é subchefe adjunto de política econômica na Subchefia de Assuntos Jurídicos (SAJ) vinculada à Secretaria-Geral da Presidência da República, comandada por Onyx Lorenzoni.

A página da Secretaria-Geral na internet informa que Lima é graduado em direito e ciências navais com habilitação em eletrônica, pós-graduado em direito público e mestre em direito e políticas públicas. Na carreira da AGU, é procurador federal desde 2006. Foi oficial do Corpo de Fuzileiros Navais e alcançou o posto de capitão-tenente, quando exerceu funções nas áreas de inteligência e telecomunicações.