O lobby dos jogos volta à carga em março

Publicada em 22/02/2021 às 11:17
Foto: Zanone Fraissat/Folhapress

O lobby dos jogos em Brasília volta à carga a partir de dois de março com reuniões com os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco, e da Câmara, Arthur Lira. Há encontros previstos com representantes dos ministérios da Economia e do Turismo.

Dois projetos tramitam no Congresso: um de autoria do deputado Paulo Azi e outro do senador Irajá, com quem Flávio Bolsonaro viajou a Las Vegas no ano passado. Além de Flávio, Eduardo Bolsonaro é outro entusiasta da legalização dos jogos. 

O lobby dos jogos sofreu um revés no começo do ano com a morte do bilionário Sheldon Adelson, fundador da Las Vegas Sands. O grupo dele queria entrar no Brasil. A saída de Trump, que pressionava Jair Bolsonaro a tocar a liberação no país, também colaborou para um cenário desfavorável aos defensores da legalização dos jogos.

Ao Bastidor, porém, um lobista do setor se disse animado com as novas perspectivas. Acredita que Lira e Pacheco apoiarão o projeto.