Independência de Aguinaldo Ribeiro irrita Lira

Publicada em 04/05/2021 às 15:19
Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

A postura independente do relator da reforma tributária, deputado Aguinaldo Ribeiro, irritou o presidente da Câmara Arthur Lira. A resistência em incluir um parcelamento de dívidas, defendido por Lira, também piorou o clima entre os dois parlamentares.

Ambos são do PP e foram concorrentes quando o partido escolheu um candidato a presidente da Câmara. Ribeiro foi derrotado, mas é influente na Casa. No caso da reforma tributária, o relator preferiu não seguir a recomendação de Lira para fatiar as propostas e, dessa maneira ter maior controle sobre os textos que vão ao plenário.

Ribeiro vai entregar seu relatório nesta terça-feira 4 de maio, integralmente na comissão mista da reforma tributária. Ele tinha dito que defende a unificação dos tributos federais PIS/Cofins e IPI, o estadual ICMS e o municipal ISS, mas pode mudar de ideia. Nos últimos dias, falou com integrantes do governo e pode se limitar aos tributos federais.