Eduardo Bolsonaro briga para manter Ernesto no Itamaraty

Publicada em 26/03/2021 às 17:35
Foto: Bruno Santos/Folhapress

Eduardo Bolsonaro entrou na briga para manter o emprego do chanceler Ernesto Araújo. O deputado, filho do presidente Jair Bolsonaro, mais conhecido como 03, disse que demitir o ministro que comanda o Itamaraty seria mais uma perda ideológica do governo e também significaria derrota dele na Câmara.

Na visão de 03, o governo tem de agradar a ala mais radical e fiel dos seus apoiadores e a saída de Ernesto seria mais um golpe para os que já ficaram muito descontentes com a demissão de Abraham Weintraub da Educação. O deputado Eduardo Bolsonaro sempre se orgulhou, nos corredores da Câmara, de ter emplacado Ernesto no Itamaraty. Seria mais um duro golpe para ele entre seus pares.    

Bolsonaro está sensível aos apelos do filho, mas determinou que Araújo fizesse gestos políticos para tentar ganhar apoio e se manter no cargo. Dificilmente isso vai ocorrer. Os presidentes da Câmara, Arthur Lira, e do Senado, Rodrigo Pacheco, já deixaram claro que preferem Ernesto fora do governo.