As 23 lacunas que impedem a aprovação da Sputnik

Publicada em 07/05/2021 às 06:00
Foto: Folhapress

Apesar de a Anvisa, a OMS e a EMA (agência europeia) aguardarem dados críticos e esclarecimentos cruciais do governo russo, prossegue a campanha geopolítica e midiática para aprovar, a qualquer custo, a Sputnik.

Quando depuser à CPI da Pandemia, o presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, apresentará, entre outros documentos, uma lista simplificada com 23 lacunas que impedem, por ora, a autorização emergencial ao imunizante.

Não são problemas pequenos, de acordo com os técnicos das três entidades. Os principais envolvem a segurança da vacina. Há, secundariamente, obstáculos quanto à eficácia e à qualidade.

Abaixo, a lista das lacunas.