Peritos da PF analisam computadores do STJ

Diego Escosteguy
Publicada em 05/11/2020 às 16:47

Dois peritos forenses da Polícia Federal estão nas dependências do Superior Tribunal de Justiça para analisar os rastros digitais deixados pelo hacker - ou grupo de hackers, não se sabe - que invadiu e criptografou os dados da corte.

O trabalho deles é essencial neste momento. Mas, por outro lado, torna ainda mais lento o já difícil processo de recuperação dos dados sequestrados. Como informamos, os técnicos do STJ tiveram que recorrer ao backup de fitas. Ainda não conseguiram criar um ambiente digital seguro para subir os dados.