Cueva diz a amigos que se aposenta ano que vem

Diego Escosteguy
Publicada em 13/05/2021 às 19:33
Foto: Ascom/STJ

Depois de comunicar a ao menos três colegas de STJ que pretende se aposentar até julho deste ano e, ainda, consultar a secretaria do tribunal sobre os trâmites de sua aposentadoria, o ministro Ricardo Villas Bôas Cueva, de 58 anos, disse a amigos hoje que deve sair da corte até maio do próximo ano.

Após o Bastidor publicar mais cedo a movimentação discreta de Cueva, o ministro tentou minimizar junto a amigos e a colegas a repercussão da notícia. A mera existência do plano de aposentadoria já deflagrou uma disputa pela vaga e levou advogados a repensar estratégias nos casos relatados pelo ministro.

A amigos, após a revelação do Bastidor o ministro disse que a secretaria do tribunal respondeu que ele poderá se aposentar com benefícios em maio do próximo ano. A esses mesmos interlocutores, Cueva reafirmou, reservadamente, que pretende se aposentar quando tiver a aprovação da secretaria do STJ. Diz querer voltar a advogar. Pediu sigilo a eles acerca desses planos.

Como escrevemos, Cueva é um dos ministros mais técnicos e respeitados do STJ.