Cinco maiores bancos são réus em mais de 22 mil ações no STJ

Brenno Grillo
Publicada em 04/02/2022 às 06:00
Foto: Folhapress

Os cinco maiores bancos do país são réus em quase 22,5 mil ações no Superior Tribunal de Justiça. Os principais temas que tramitam nos gabinetes dos ministros da corte tratam de contratos de serviços para empresas e pessoas físicas, de seguros e de habitação; além de processos sobre previdência privada, títulos de crédito e recuperação judicial e falência.

Os dados foram levantados pelo Bastidor a partir de informações de consulta pública no site do STJ. Os assuntos predominantes representam de 50% a 71% do total de processos de cada banco e variam conforme a natureza dos bancos – se ligados ao governo ou não.

A instituição financeira que responde ao maior número de ações no STJ é o Banco do Brasil (8.930), sendo seguido pela Caixa Econômica Federal. Enquanto o primeiro tem que se defender (na maioria das ações) de questionamentos relacionados a expurgos inflacionários (1.834), o segundo responde, principalmente, por obrigações contratuais em habitação (1.679).

Logo atrás da Caixa Econômica vêm os três grandes bancos privados: Bradesco (4.405), Santander (2.138) e Itaú (2.068). Nesse grupo, os principais temas são contratos firmados com pessoas físicas, de seguro e de previdência privada.

TST colocou o presidente Lula em uma intrincada escolha para o novo ministro

Leia Mais

Manifestação em defesa de Jair Bolsonaro é - e será - comício do PL para eleição municipal

Leia Mais

Defesas de empreiteiras contam com prorrogação de prazo para renegociar acordos de leniência

Leia Mais

Bola com Dino

21/04/2024 às 13:44

Desembargadores afastados da funções pelo CNJ pedem que STF corrija erros de Luís Felipe Salomão.

Leia Mais

Governo volta a colocar Alexandre Padilha no centro do controle das emendas parlamentares

Leia Mais

Defesa de Bolsonaro é apenas uma justificativa para ato de pré-campanha eleitoral

Leia Mais

CCJ do Senado aprovou projeto que reintegra o quinquênio aos salários do Judiciário.

Leia Mais

Foi a votação que analisou a prisão de Brazão que fez o clima entre o governo e Lira esquentar

Leia Mais

A divisão no CNJ

16/04/2024 às 21:30

Votos dos conselheiros no caso Lava Jato espelham a cisão entre magistrados de carreira e advogados.

Leia Mais

Foi e voltou

16/04/2024 às 21:14

TRF3 reconduz presidente do conselho de Administração da Petrobras ao cargo após afastamento

Leia Mais

Ministro da CGU pode ser convocado a explicar relação do seu escritório de advocacia com a Novonor

Leia Mais

Salomão retirou Moro do procedimento que suspendeu a atuação de quatro magistrados federais.

Leia Mais

MP no CNJ e defesa de magistrados alegam não haver razão para corregedoria processar quarteto.

Leia Mais

Pacheco segura

16/04/2024 às 15:14

Senador atende ao governo e adia sessão do Congresso que vai analisar vetos de Lula

Leia Mais

Após demitir primo do presidente da Câmara, governo recorre ao deputado para escolher substituto.

Leia Mais