Advogados aconselham Lira a não se expor no Supremo

Diego Escosteguy
Publicada em 02/02/2021 às 15:25
Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

Advogados ligados ao centrão aconselharam Arthur Lira a evitar "exposição desnecessária" junto ao Supremo. Ontem, o novo presidente da Câmara anulou a composição da Mesa Diretora. Como noticiamos, ele confia que Kassio vai protegê-lo no Supremo.

Os advogados, no entanto, alertaram Lira sobre os riscos que ele corre no Supremo - um tribunal majoritariamente hostil ao deputado. Pediram que o presidente da Câmara busque uma solução política para a crise que criou.

Lira ouviu os conselhos e agora trabalha para desfazer o estrago que causou. Talvez seja tarde: o PDT já entrou no Supremo com um mandado de segurança.

Embora algum ministro possa considerar que não cabe à corte avaliar um ato administrativo da Câmara, a hostilidade a Lira pode prevalecer.