Diretor da ANM renuncia a mandato por "motivos de cunho pessoal"

Diego Escosteguy
Publicada em 03/03/2021 às 16:24
Foto: Bruno Santos/Folhapress

Eduardo Leão, que trabalhou na Vale e no governo de Simão Jatene, renunciou há pouco ao mandato de diretor da Agência Nacional de Mineração, a ANM.

Leão alegou "motivos de cunho pessoal e familiar" para abandonar a função. Havia sido indicado por um consórcio entre Flexa Ribeiro, Antonio Anastasia e Gilberto Kassab.

A ANM enfrenta críticas pesadas no Planalto em virtude da condução dos leilões de novas áreas de mineração.