Ninguém liga para Gonet

Samuel Nunes
Publicada em 13/12/2023 às 16:00
Oposição perde oportunidade de colocar luz sobre posicionamentos de Gonet ao assumir a PGR Foto: Ton Molina /Fotoarena/Folhapress

Embora tenha sido o autor do parecer que levou à inelegibilidade de Jair Bolsonaro, o vice-procurador-geral eleitoral, Paulo Gonet, é deixado de lado na sabatina da Comissão de Constituição e Justiça, no Senado. Como esperado, a maior parte dos senadores, sobretudo os da oposição, concentra perguntas no ministro Flávio Dino, indicado ao Supremo Tibunal Federal.

Gonet e Dino têm mantido postura tranquila. O futuro procurador-geral da República se esquiva dos questionamentos mais incisivos sobre o processo contra Bolsonaro. Chegou a dizer que não teria tempo, na sabatina, para descrever as quase 40 páginas das alegações finais que convenceram o Tribunal Superior Eleitoral contra o ex-presidente.

Ao assumir a PGR, Gonet poderá retomar uma tradição que foi deixada de lado por Augusto Aras, a de participar ativamente dos julgamentos da Justiça Eleitoral. O PGR é quem tem a prerrogativa principal para ajuizar ações junto ao TSE, embora possa delegar a função a um subprocurador.

Para evitar constrangimentos, Aras preferiu deixar Gonet à frente das ações eleitorais em 2022. O então PGR apenas participou de alguns eventos formais no TSE, sem se aprofundar nos julgamentos importantes da corte eleitoral, como o caso da inelegibilidade de Bolsonaro.

O entendimento de Gonet a respeito das ações de Bolsonaro, portanto, é bem conhecido. Mas, para atacar Dino, a incapacidade técnica e política dos senadores de oposição, impede a possibilidade de esclarecer se ele poderá mudar de opinião em futuras ações contra o ex-presidente e os aliados em futuras ações, seja no TSE ou mesmo perante o Supremo Tribunal Federal.

De olho em enfrentar Lula em 2026, governador de Goiás espalha campanha que une segurança e negócios

Leia Mais

Fechem a torneira

19/07/2024 às 14:05

AGU pede ao STF suspensão do leilão da Sabesp por conflito de interesses e valor subestimado.

Leia Mais

Desempenho na segunda fase da venda das ações faz da privatização da estatal um sucesso

Leia Mais
Exclusivo

Um erro de 420 milhões

19/07/2024 às 06:00

Perda de prazo da PGFN dá à Dufry e ao advogado Sergio Bermudes precatório de quase meio bilhão.

Leia Mais

Defesa de Duque recorre ao ministro para evitar prisão por corrupção e lavagem na Petrobras.

Leia Mais

Por mim, libera

18/07/2024 às 19:50

Gonet diz que não é possível avaliar com calma a ação do PT contra a privatização da Sabesp.

Leia Mais

TSE muda de ideia e decide enviar observadores à eleição, o que evita um erro crasso do Brasil

Leia Mais

Expliquem-se

18/07/2024 às 09:07

Salomão pede que TJAL esclareça porque nomeou juízes já conhecidos na falência da Laginha.

Leia Mais

Alphabet foi condenada por concorrência desleal; Meta enfrenta ação bilionária por uso de dados.

Leia Mais

STF dá 24 horas para São Paulo justificar leilão da Sabesp; PT pediu liminar para suspender venda.

Leia Mais
Exclusivo

Gol da Alemanha

17/07/2024 às 19:09

Anac confirma que governo federal ressarcirá prejuízos da Fraport com o Aeroporto Salgado Filho.

Leia Mais

Juízes responsáveis pelo processo de falência da Usina Laginha decidiram que são aptos para o caso.

Leia Mais

Governo oculta dados de acordos da JBS e Marfrig com PGFN para renegociar dívidas com a União.

Leia Mais

Fraport fala que obras no aeroporto de Porto Alegre dependem de acordo com governo federal.


Leia Mais

Eduardo Braga quer alterar no Senado pontos da reforma tributária que foram acertados na Câmara

Leia Mais