Deu ruim na licitação

Redação
Publicada em 10/07/2024 às 19:40
A gestão de Paulo Pimenta foi responsável pela licitação de quase R$ 200 milhões Foto: Vinicius Loures / Câmara dos Deputados

O Tribunal de Contas da União suspendeu nesta quarta-feira (10) a licitação da Secretaria de Comunicação Social da Presidência que selecionou quatro empresas de comunicação digital para assessoria e gerenciamento das redes sociais do governo Lula. O valor total do edital é de 197,7 milhões de reais para contratos de um ano de duração.

O ministro relator Aroldo Cedraz acatou a representação do Ministério Público junto ao TCU, depois que a área técnica encontrou indícios de fraude no processo. Cedraz justificou a suspensão devido a "suspeita de violação do sigilo do certame", o que é um fato de "extrema gravidade". A Secom terá 15 dias para se manifestar e indicar o que vem fazendo para “mitigar o risco de desvio de finalidade”.

A lista das empresas vencedoras foi antecipada na véspera da divulgação oficial pelo site "O Antagonista", através de uma mensagem cifrada na plataforma X (antigo Twitter). As empresas escolhidas foram Moringa L2W3, BR Mais Comunicação, Área Comunicação e Usina Digital.

Moringa L2W3, que havia recebido a maior nota, e Área Comunicação, terceira maior nota, foram inabilitadas depois pela Secom por problemas de documentação. As duas foram substituídas pela quinta e sexta colocadas, a Clara Digital e o consórcio Boas Ideias.

Os contratos com as empresas ainda não foram firmados, mas a proximidade da data de assinatura motivou a decisão do TCU de suspender a licitação. A medida cautelar permanecerá em vigor até que o plenário do TCU finalize a investigação sobre a possível fraude no processo licitatório.

Em nota, a Secom afirmou que seguiu todos os procedimentos administrativos e normativas aplicáveis para garantir a lisura do processo e que disponibilizou toda a documentação relacionada à licitação no site do governo.

O edital foi instaurado durante a gestão de Paulo Pimenta, atual ministro da Secretaria de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul. Pimenta chefiou a Secom até abril deste ano, quando o processo acabou.

Leia a íntegra da decisão:

De olho em enfrentar Lula em 2026, governador de Goiás espalha campanha que une segurança e negócios

Leia Mais

Fechem a torneira

19/07/2024 às 14:05

AGU pede ao STF suspensão do leilão da Sabesp por conflito de interesses e valor subestimado.

Leia Mais

Desempenho na segunda fase da venda das ações faz da privatização da estatal um sucesso

Leia Mais
Exclusivo

Um erro de 420 milhões

19/07/2024 às 06:00

Perda de prazo da PGFN dá à Dufry e ao advogado Sergio Bermudes precatório de quase meio bilhão.

Leia Mais

Defesa de Duque recorre ao ministro para evitar prisão por corrupção e lavagem na Petrobras.

Leia Mais

Por mim, libera

18/07/2024 às 19:50

Gonet diz que não é possível avaliar com calma a ação do PT contra a privatização da Sabesp.

Leia Mais

TSE muda de ideia e decide enviar observadores à eleição, o que evita um erro crasso do Brasil

Leia Mais

Expliquem-se

18/07/2024 às 09:07

Salomão pede que TJAL esclareça porque nomeou juízes já conhecidos na falência da Laginha.

Leia Mais

Alphabet foi condenada por concorrência desleal; Meta enfrenta ação bilionária por uso de dados.

Leia Mais

STF dá 24 horas para São Paulo justificar leilão da Sabesp; PT pediu liminar para suspender venda.

Leia Mais
Exclusivo

Gol da Alemanha

17/07/2024 às 19:09

Anac confirma que governo federal ressarcirá prejuízos da Fraport com o Aeroporto Salgado Filho.

Leia Mais

Juízes responsáveis pelo processo de falência da Usina Laginha decidiram que são aptos para o caso.

Leia Mais

Governo oculta dados de acordos da JBS e Marfrig com PGFN para renegociar dívidas com a União.

Leia Mais

Fraport fala que obras no aeroporto de Porto Alegre dependem de acordo com governo federal.


Leia Mais

Eduardo Braga quer alterar no Senado pontos da reforma tributária que foram acertados na Câmara

Leia Mais