Bitcoins: Receita descobre primeiro grande caso de lavagem no Brasil

Diego Escosteguy
Publicada em 11/01/2021 às 16:36
Operação de mineração de bitcoins Foto: Paulo Lisboa/Folhapress

Auditores da Receita acreditam ter detectado o primeiro grande caso de lavagem de dinheiro no Brasil por meio de bitcoins, uma das principais criptomoedas. Até hoje, as operações identificadas de lavagem com criptomoedas não haviam ultrapassado R$ 10 milhões.

O caso sob investigação envolve valores mais expressivos, na casa de dezenas de milhões de reais, embora os auditores não tenham determinado ainda um número exato.

O esquema inclui outros métodos de lavar dinheiro, como uso fraudulento de transações de imóveis. Mas é a primeira vez que os auditores obtêm evidências de que operações com uma criptomoeda constituíram o principal método de lavagem. Em tese, o uso (habilidoso) de criptomoedas facilita o anonimato das transações.

O PCC e outros grupos criminosos brasileiros já usam bitcoins e outras criptomoedas para esconder e lavar recursos do crime. A Polícia Federal, o Ministério Público e a Receita acreditam que o uso de criptomedas está se disseminando rapidamente entre traficantes brasileiros por influência de seus fornecedores na Colômbia e no México e de seus compradores na Itália.