No quintal de Alcolumbre

Alisson Matos
Publicada em 28/05/2024 às 09:00
Josué chegou ao posto com o suporte do irmão senador, que quer emplacá-lo como prefeito de Marabá Foto: Reprodução/redes sociais

O presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae do Amapá e suplente do senador Davi Alcolumbre, José Alcolumbre, deu aval a uma licitação que rendeu a uma empresa ligada a um dos seus diretores um contrato que ultrapassa 1 milhão de reais por ano.

Josiel Alcolumbre, como é conhecido, assumiu em janeiro de 2023 a Presidência do conselho em um mandato que vai até 2026. Chegou ao posto com o apoio do irmão senador, que quer emplacá-lo como prefeito de Macapá na eleição deste ano. Em 2020, Josiel foi derrotado por Dr. Furlan, que tentará a reeleição.

Meses após tomar posse, passou pelo conselho comandado por Josielum pregão com o objetivo de contratar uma locadora de veículos para fornecer carros a funcionários da instituição. O edital, publicado em abril de 2023, dizia que o valor orçado para os serviços era de aproximadamente 2 milhões de reais.

A grande vencedora foi a TCAR Locação de Veículos, que tem como dono, segundo registros da Receita Federal,  Leonardo Costa Houat, primo do diretor de administração e finanças do Sebrae-AP, Marcell Houat Harb. A empresa, fundada em 2011, tem sede em Belém, no Pará, e filiais em outros estados.

Meses antes da realização do pregão, que ocorreu em maio, Josiel Alcolumbre chegou a assinar uma resolução de alteração no regimento interno do Sebrae em que consta que a assessoria de licitações ficaria subordinada justamente à diretoria de administração e finanças, cujo titular é Marcell Houat Harb.

O código de ética do Sebrae deixa claro alguns potenciais conflitos de interesse que devem ser evitados. O documento condena, por exemplo, a participação em circunstâncias em que estejam envolvidos membros da instituição e pessoas com atividades comerciais ou de negócios que possam comprometer a imparcialidade ou gerar tratamento preferencial.

Ao Bastidor, o Sebrae disse que o seu regulamento interno impede a participação em licitações de parentes de até terceiro grau de dirigentes ou conselheiros. Primos, acrescentou a instituição, são parentes de quarto grau, portanto têm permissão para concorrer.

O contrato firmado entre o Sebrae e a TCAR em 2023 rendeu, somente no primeiro ano de vigência, mais de 1,5 milhão de reais, segundo dados obtidos pelo Bastidor. Desse valor, já foi pago mais de 1,3 milhão. O vínculo venceu neste mês, mas foi prorrogado por mais um ano. O limite de renovação é de 60 meses.

O Bastidor, por mais de uma vez, solicitou ao Sebrae-AP a cópia do contrato para esclarecer os valores envolvidos e os argumentos para prorrogação. A instituição limitou-se a confirmar os números citados pela reportagem, mas não informou quanto será desembolsado a partir do segundo ano de vínculo. Disse que o contrato é “por demanda” e que pode haver reajuste.

Ressaltou, ainda, que as atribuições sobre licitações não recaem exclusivamente sobre a Diretoria de Administração e Finanças, pois passam também pela diretoria executiva, que tem Josiel Alcolumbre à frente, e citou que a TCAR desde 2018 presta serviços ao Sebrae.

Conexões

O próprio diretor de administração e finanças do Sebrae-AP, Marcell Houat Harb, tem atuação de destaque no mercado de locação de veículos. Em seu currículo de apresentação no site da instituição, consta que o empresário "sempre atuou no setor privado e como sócio-administrador de empresas de variados setores da economia amapaense, entre eles, hotelaria e locação de veículos". Marcell é dono da Unidas Rent a Car, com sede em Macapá.

A influência da família vai além do setor privado. O irmão de Marcell, Michel Houat Harb, é conselheiro do Tribunal de Contas do Amapá. Foi indicado para o posto em 2015, pelo então governador Waldez Góes, hoje ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional do governo de Luiz Inácio Lula da Siva com o aval de Alcolumbre. Antes, foi deputado estadual.

Com os irmãos como protagonistas, o TCE e o Sebrae já assinaram termo de cooperação no Amapá. É a segunda vez que Marcell ocupa a direção de administração e finanças da instituição. A primeira foi no triênio 2019-2022.

De olho em enfrentar Lula em 2026, governador de Goiás espalha campanha que une segurança e negócios

Leia Mais

Fechem a torneira

19/07/2024 às 14:05

AGU pede ao STF suspensão do leilão da Sabesp por conflito de interesses e valor subestimado.

Leia Mais

Desempenho na segunda fase da venda das ações faz da privatização da estatal um sucesso

Leia Mais
Exclusivo

Um erro de 420 milhões

19/07/2024 às 06:00

Perda de prazo da PGFN dá à Dufry e ao advogado Sergio Bermudes precatório de quase meio bilhão.

Leia Mais

Defesa de Duque recorre ao ministro para evitar prisão por corrupção e lavagem na Petrobras.

Leia Mais

Por mim, libera

18/07/2024 às 19:50

Gonet diz que não é possível avaliar com calma a ação do PT contra a privatização da Sabesp.

Leia Mais

TSE muda de ideia e decide enviar observadores à eleição, o que evita um erro crasso do Brasil

Leia Mais

Expliquem-se

18/07/2024 às 09:07

Salomão pede que TJAL esclareça porque nomeou juízes já conhecidos na falência da Laginha.

Leia Mais

Alphabet foi condenada por concorrência desleal; Meta enfrenta ação bilionária por uso de dados.

Leia Mais

STF dá 24 horas para São Paulo justificar leilão da Sabesp; PT pediu liminar para suspender venda.

Leia Mais
Exclusivo

Gol da Alemanha

17/07/2024 às 19:09

Anac confirma que governo federal ressarcirá prejuízos da Fraport com o Aeroporto Salgado Filho.

Leia Mais

Juízes responsáveis pelo processo de falência da Usina Laginha decidiram que são aptos para o caso.

Leia Mais

Governo oculta dados de acordos da JBS e Marfrig com PGFN para renegociar dívidas com a União.

Leia Mais

Fraport fala que obras no aeroporto de Porto Alegre dependem de acordo com governo federal.


Leia Mais

Eduardo Braga quer alterar no Senado pontos da reforma tributária que foram acertados na Câmara

Leia Mais