Tropa de choque de Bolsonaro prepara relatório alternativo

Publicada em 04/05/2021 às 13:43
Foto: André Coelho/Folhapress

Os senadores da tropa de choque do presidente Jair Bolsonaro na CPI da Pandemia avaliam as perguntas dos colegas durante os depoimentos para identificar aliados e tentarem aprovar relatório paralelo.  

Os principais soldados de Bolsonaro na tropa de choque são os senadores Ciro Nogueira, Jorginho Mello, Marcos Rogério e Eduardo Girão. Eles pretendem apontar soluções e erros no relatório paralelo, mas querem poupar o presidente da acusação de ter agido intencionalmente para sabotar o que os especialistas recomendam desde o início da pandemia.

Independentemente desse esforço dos senadores fiéis ao governo, as declarações e publicações de Bolsonaro em redes sociais revelam boicote às medidas de isolamento social, rejeição às vacinas e propaganda de medicamentos sem comprovação científica da eficácia contra a Covid-19.