Rodrigo Maia e Eduardo Paes no ninho tucano

Publicada em 15/04/2021 às 18:44
Foto: Futura Press/Folhapress

O ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e o prefeito do Rio, Eduardo Paes, devem filiar-se ao PSDB. Os interesses políticos no Estado definiram a escolha e inviabilizaram a entrada deles no MDB.

Paes fez muita pressão para que Maia encerrasse as negociações com o MDB. O prefeito foi deputado federal eleito pelo PSDB e ganhou fama na CPI do Mensalão, mas acabou indo para o Democratas por articulação de Maia.

Os escândalos de corrupção envolvendo o ex-governador Sérgio Cabral, preso no complexo de Gericinó, e o ex-presidente da Assembleia Legislativa Jorge Picciani, em prisão domiciliar, ambos do MDB, foram os principais argumentos de Paes para convencer Rodrigo Maia a evitar um partido que ainda tem muita influência de Picciani no Estado.

No PSDB, o ex-presidente da Câmara comandaria o diretório fluminense e teria vaga no diretório nacional.