O centrão apoia o centrão

Publicada em 07/04/2021 às 13:52
Foto: DiaEsportivo/Folhapress

No MDB, há os que apoiam o ex-presidente Lula se for confirmada sua candidatura a presidente em 2022, como Renan Calheiros e Jader Barbalho. Mas o partido também tem fiéis ao presidente Jair Bolsonaro, como os senadores Fernando Bezerra e Eduardo Gomes. Na ala paulista do MDB, há quem defenda uma terceira via.

O modelo MDB de fazer política é apontado por lideranças do centrão como o ideal para PSD, PP, PL e Avante para 2022. As legendas avaliam dar liberdade para seus filiados analisarem as circunstâncias locais. Apoio ao governo, dizem, não significa apoio à reeleição de Bolsonaro.

Líderes no Congresso reconhecem que Bolsonaro não deve se enganar com a presença do presidente do PL, o ex-deputado Valdemar Costa Neto, no Palácio do Planalto durante a cerimônia de posse de Flávia Arruda como ministra-chefe da Secretaria de Governo. O centrão cobra um preço pela governabilidade, mas vai fazer outra conta para dar apoio à reeleição.