Médico desconfia que obstrução intestinal seja consequência de cirurgias anteriores em Bolsonaro

Publicada em 14/07/2021 às 17:01
Foto: Raul Spinassé/Folhapress

Embora ainda não esteja confirmada a cirurgia, o Bastidor ouviu de fontes ligadas ao presidente Jair Bolsonaro que o médico-cirurgião Antonio Luiz de Macedo decidiu transferi-lo para São Paulo porque considera “fortemente” ser necessária a realização de cirurgia para a desobstrução do intestino e correção da causa da obstrução intestinal.

Segundo a fonte que está parcialmente inteirada da situação de saúde do presidente, Macedo teme que a obstrução seja causada pelo que médicos chamam de “bridas intestinais”, que é uma espécie de cicatriz no intestino causada justamente por cirurgias ou infecções – os exames que o médico quer realizar em São Paulo devem responder mais precisamente à hipótese de Macedo.

O presidente Bolsonaro já passou por seis cirurgias, quatro delas em consequência do atentado a faca que sofreu durante as eleições de 2018.