Bolsonaro ameaçou descumprir decisão do STF

Publicada em 11/06/2021 às 08:34
Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

O presidente Jair Bolsonaro disse a aliados que descumpriria decisão do Supremo Tribunal Federal que proibisse a realização da Copa América no Brasil.

Ontem, a corte rejeitou as ações que pediam a suspensão do campeonato que seria realizado originalmente na Colômbia e manteve os jogos previstos para Brasília, Goiânia, Cuiabá e Rio de Janeiro na competição das seleções sul-americanas de futebol.

O líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, foi uma das pessoas que ouviu de Bolsonaro a disposição de descumprir decisão do STF.

Quando o deputado soube da data do julgamento das ações no plenário do Supremo afirmou que “vai chegar uma hora em que vamos dizer [para o Judiciário] que simplesmente não vamos cumprir”. Naquele momento, ele criticava a decisão que mandou o governo realizar o censo, mas mandou seu recado aos ministros.

Em maio do ano passado, Bolsonaro disse que “ordens absurdas não se cumprem”.