Advogados da União vão oferecer lista sêxtupla para o lugar Mendonça

Publicada em 15/07/2021 às 13:18
Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

Procuradores da Fazenda Nacional e advogados da União começam a escolher nesta quinta-feira, 15, nomes para compor uma lista sêxtupla que será entregue ao presidente Jair Bolsonaro como sugestão para o lugar de André Mendonça, na Advocacia-Geral da União.

A votação é organizada pelo Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional, pela Associação Nacional dos Membros das Carreiras da Advocacia-Geral da União e pela Associação Nacional dos Advogados da União, que preveem entregar o documento a Bolsonaro no dia 30 de julho.

André Mendonça foi indicado pelo presidente para a vaga do ministro Marco Aurélio Mello, que se aposentou do Supremo Tribunal Federal na última segunda-feira, 12.

A lista será composta por três nomes da Fazenda Nacional e três nomes da Advocacia da União. Mas Bolsonaro não tem obrigação de indicar um nome a partir da lista. Sua nomeação é livre, desde que o indicado tenha mais de 35 anos, notável saber jurídico e reputação ilibada.

Um dos nomes cotados para o lugar do AGU é o da advogada da União Izabel Vinchon, que é secretária-geral de Contencioso da AGU. Ela é próxima a André Mendonça. Tem sido citada como alguém que comporá a lista a ser entregue a Bolsonaro. Ela já havia sido eleita em 2018 na lista anterior.