Presidente do STJ não se manifesta sobre ataques de Bolsonaro ao Supremo

Brenno Grillo
Publicada em 08/09/2021 às 15:32
Foto: Raquel Cunha/Folhapress

Humberto Martins não se manifestou até o momento sobre os ataques de Jair Bolsonaro ao STF. Essa postura tem sido adotada desde que o ministro assumiu a Presidência do STJ.

Mas o fator STF também influencia no silêncio de Martins. O ministro teve seu nome sugerido para ocupar a vaga deixada por Marco Aurélio em julho deste ano, mas sofreu resistências. 

Uma delas partiu de Silas Malafaia. O apoiador de André Mendonça disse a integrantes do Supremo não querer um “evangélico herege” na corte - em referência ao ministro do STJ, que é adventista.

Martins tem o apoio de Flávio Bolsonaro e Frederick Wassef.