Os problemas da Lava Jato no Supremo ainda não acabaram

Publicada em 23/04/2021 às 06:00
Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

Apesar de o plenário do Supremo ter confirmado a suspeição de Sergio Moro, a Lava Jato ainda tem riscos de sofrer mais derrotas no Supremo. Após Curitiba, o escrutínio no tribunal deverá concentrar-se no Rio.

Os ministros acompanham com atenção as investigações da Procuradoria-Geral da República acerca da atuação heterodoxa do criminalista prodígio Nythalmar Dias, advogado próximo de Marcelo Bretas, suspeito de vender influência junto ao juiz. (O juiz da Lava Jato do Rio rechaça amiúde qualquer possibilidade de irregularidades na Vara comandada por ele.)

O ministro Gilmar Mendes é o relator dos casos da Lava Jato do Rio no Supremo.